segunda-feira, junho 19, 2017

Ciclos

Depois de tanto tempo, volto a escrever.
Olho pra trás, vejo o que vivi nos últimos meses,
Sentimentos paradoxos que vivi,
E todas as reviravoltas que enfim chegaram.

Curioso tudo o que está acontecendo na minha vida agora
Pareço mesmo encerrar um ciclo de 2 anos

Quando penso na cidade que eu escolhi morar
E, por um segundo, penso em sair dela,
Me dou conta de que estou em Copacabana.

E o que é Copacabana?
Uma festa sinixtra onde eu entrei de penetra
E fui bem aceita
Percebo que, ainda que a cidade seja uníssona
Copacabana é única.

Depois da conversa com minha tia
Desço o elevador feliz,
Ele pára no terceiro andar
E dois cavalheiros bonitos entram, cumprimentam e puxam assunto comigo
Não basta o WTF inicial,
Uma série de WTFs se prosseguem.

Uma moradora de rua proclama a venda de um liquidificador por 50 reais
Enquanto ando, olho pra dentro do supermercado ao lado
O ator Guilherme Fontes no caixa
Na minha frente, um garoto toca violino
Uma farmácia que parece um supermercado
Conversas engraçadas no meio da rua
Mais moradores de rua
Lojas que fecham
Lojas que reabrem

Me dou conta de que o Rio é isso
Uma surpresa a cada esquina - ou mais de uma
E parece que ele não quer que eu vá embora