domingo, janeiro 17, 2016

Todos os caminhos dão pro mar


Eu fico diariamente me perguntando o que me encanta aqui? Não é uma só coisa, mas várias. Certamente uma das principais são as copas das grandes árvores, que sombreiam toda a rua, no caso a maior parte das ruas. Ver o verde por todo lugar ofuscando o concreto é uma de suas maiores características.

Ruas e paisagens diferentes também sempre me instigam. Descobrir novos estabelecimentos, lugarejos e becos com coisas simples e ao mesmo tempo sensacionais é algo que acontece todo o dia. 

E acho que o melhor disso tudo é que eu não me perco geograficamente. Sempre tem um metrô por perto que me deixa facilmente em casa, pois só têm duas linhas aqui na zona sul.

E a zona sul não é necessariamente uma zona rica. Ela é uma mistura de regiões mais caras com ruas bucólicas e outras mais humildes, morros no meio, muitos contrastes em cima do asfalto. No meio da confusão, você de repente descobre onde está. Porque aqui o que liberta é que todos os caminhos levam pro mar.